de Utilidade Pública Federal - Portaria no. 3935
de Utilidade Pública Estadual (RJ) - nº2464
de Utilidade Pública Municipal (RJ) - nº3048
detentora do Prêmio Estácio de Sá 2002
SOARMEC Discos

 


ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINARIA DA SOCIEDADE DOS AMIGOS OUVINTES DA RADIO MEC-SOARMEC, NO DIA 21 DE MAIO DE 2015, NO AUDITÓRIO DO ARQUIVO NACIONAL. Na ausência do presidente CARLOS ACSELRAD, a vice-presidente, NILZA SAROLDI,deu início ao encontro e indicou RENATO ROCHA para presidi-lo, o qual por sua vez, indicou ADRIANA GOMES RIBEIRO para a função de Secretária, tendo sido os dois nomes aprovados pelo plenário, por unanimidade. O presidente da Assembléia fez então um relato dos fatos acontecidos desde que o prédio da Radio MEC foi interditado em março de 2003 - o que obrigou a SOARMEC a sair de lá e mudar-se para uma sala do Museu do Rádio. O presidente explicou que, com a mudança de endereço, a SOARMEC teve que suspender quase todas as suas atividades e pediu que a secretária lesse para os presentes o diminuto Relatório de Atividades dos dois últimos anos. Em seguida, o presidente da Assembléia explicou que, com a mudança de endereço, a SOARMEC perdeu praticamente todos os visitantes que recebia na Rádio, o que provocou uma violenta queda na receita e tornou a situação economicamente insustentável. Para que os presentes pudessem dimensionar a gravidade da situação econômica, o presidente da Assembléia disponibilizou o ultimo balanço contábil, onde estão consignados os pequenos créditos recebidos e os grandes débitos da Sociedade para com os membros de sua Diretoria. Quais sejam:
JOSÉ OSCAR SANTIAGO. .......................................R$ 6.734,00
EDINO KRIEGER................................................... ...R$ 4.700,00
VIRGINIA PALERMO. .............................................R$ 1.175,00
NELY COELHO. ........................................................R$ 350,00
CRISTIANO MENEZES. ..........................................R$ 350,00
RENATO ROCHA. ....................................................R$ 40.846,71
Continuando, o presidente da Assembléia informou aos presentes que, a exemplo de tantas outras instituições culturais, o Museu do Rádio também vai fechar suas portas, em breve - o que significa mais um duro golpe para a SOCIEDADE DOS AMIGOS OUVINTES DA RADIO MEC - SOARMEC. Concluindo o seu arrazoado, o presidente da Assembléia observou que, nos tempos atuais, está muito difícil manter uma sociedade sem fins lucrativos, e, após novamente sublinhar as dificuldades existentes para a sobrevivência da SOARMEC - incluindo as atividades trabalhistas com sua única funcionária com carteira assinada -, explicou que a atual diretoria não tem mais como fazer frente a tais dificuldades, e colocou em votação a proposta de a SOARMEC entrar em recesso e migrar para um endereço virtual, de onde poderá continuar a lutar pela emissora que apóia, mas deixando de existir oficialmente, como uma ONG, com empregados e obrigações estatutárias e trabalhistas. A proposta foi aprovada pelo plenário. Em seguida o presidente da Assembléia colocou em votação a cessão de guarda da Biblioteca Tude de Souza pela UFRJ, em regime de comodato, o que também foi aprovado.Em seguida, após apresentar o documento mostrando que a doação do piano Bosedorfer está afetada ao Estúdio Sinfônico, o presidente da Assembléia, colocou em votação o que deveria ser feito em relação ao piano. A Assembléia decidiu que a posição da SOARMEC em relação aos bens doados à Radio Mec é que eles sejam usados única e exclusivamente pela Radio Mec. Sem mais nenhum assunto, foi a Assembléia encerrada, tendo sido esta Ata lavrada por mim ADRIANA GOMES RIBEIRO, e pelos presentes.

Adriana Gomes Ribeiro / Secretária

Renato da Rocha Silveira / Presidente

 

ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINARIA DA SOCIEDADE DOS AMIGOS OUVINTES DA RADIO MEC-SOARMEC, REALIZADA NO DIA 31 DE OUTUBRO DE 2013, NO AUDITORIO DO ARQUIVO NACIONAL NO RIO DE JANEIRO.

Em segunda convocação,com a presença de 31 (trinta e um ) participantes, o presidente da SOARMEC, Carlos Acselrad, deu inicio à reunião, indicando Renato Rocha para presidi-la, o qual,por sua vez, indicou a associada Nely Coelho para secretariar a Assembléia, sendo ambos aprovados pelo plenário. Assumindo sua função, a secretaria leu o edital de convocação publicado em 18 de outubro de 2013, no jornal O Dia. O presidente leu, então o relatório das atividades desenvolvidas até aquela data, e esclareceu aos presentes que o caráter extraordinário da devia-se ao fato, por todos conhecidos, de que o prédio da Radio MEC estava interditado, desde março de 2013, tendo sido a emissora desalojada e passado a funcionar improvisadamente em uma sala antiga da TVE. Acrescentou que a SOARMEC também havia sido desalojada e estaria na rua, caso não tivesse sido acolhida pelo Museu do Radio, na rua da Constituição, 78, e esclareceu que, com a perda do seu endereço tradicional, a Sociedade estava tendo despesas que antes não tinha, fatos que já estavam comprometendo sua saúde financeira e sua própria sobrevivência. Atp contínuo, o presidente colocou em votação a questão capital da sobrevivência da sociedade, ou seja, se, em face das dificuldades financeiras e, principalmente em face do possível fim da RADIO MEC. A SOARMEC, cuja razão de ser é justamente a existência da emissora, deveria ou não continuar com suas atividades. O plenário votou unanimemente pela continuação das atividades da SOARMEC, e Edino Krieger ressaltou que, com a interdição do prédio, a Sociedade foi forçada a ter, como principal objetivo, a luta pelo retorno da emissora para o MEC e para a sua sede tradicional. Tal objetivo foi colocado em votação e aprovado também por unanimidade. O presidente passou, então, a tratar da composição da diretoria, em função do falecimento da professora Regina Sales, que ocupava a vice-presidência e da saída de Gizélia Fernandes, que pediu exoneração do cargo de Diretora de Atividades Culturais. Após elogiar a contribuição dada por ambas, o presidente submeteu ao plenário as indicações de Nilza Saroldi para a vice-presidência, e a de Roberto Monteiro para a Diretoria de Patrimônio, substituindo Adriana Gomes Ribeiro, a qual, por sua vez, passaria a ocupar a Diretoria de Atividades Culturais, ficando a nova diretoria assim constituída.
Carlos Acselrad - Presidene, Nilza Saroldi - vide-presidente, Sonia Virginia Moreira-Diretora de Comunicação Social, Adriana Gomes Ribeiro, Diretora de Atividades Culturais, José Oscar Santiago da Costa, Diretor-Tesoureiro, Roberto Monteiro-Diretor de Patrimônio e Renato da Rocha Silveira - Diretor-Secretário. Antes de dar início a votação, o presidente lembrou ao plenário que a Diretoria anterior havia sido eleita para o biênio que terminaria em a maio de 2014, mas, em face da situação de exceção que a SOARMEC estava atravessando, elevando em conta os gastos inerentes à realização de uma nova eleição dali a alguns meses. Solicitou que a Assembléia é soberana, que, além da aprovação da chapa, fosse votada, também, a extensão da nova diretoria. Cuja vigência de atuação se estenderia até maio de 2015, quando, então, dependendo do que acontecesse com a Radio MEC, seria efetuada uma nova Assembléia para deliberar se a SOARMEC continuaria a existir ou entraria em recesso. Tanto a nova Diretoria quanto a prorrogação do mandato, até maio de 2015, foram aprovadas por unanimidade, tendo sido essa ata lavrada e assinada por mim, Nely Coelho, e pelo Presidente d Assembléia.

Rio de janeiro, 31 de outubro de 2013.

Ney Coelho-Secretária da Assembléia

Renato da Rocha Silveira - Presidente da
Assembléia

 

 

 

 

Copyright SOARMEC 1999 -2007. Todos os direitos reservados.